A História da Blogosfera

Postado originalmente em: Ter, 25 de Março de 2008 11:31

Uma breve história sobre Blogs

“Um weblog, blog ou blogue é uma página da Web cujas atualizações (chamadas posts) são organizadas cronologicamente de forma inversa (como um diário).” Weblog (http://pt.wikipedia.org/wiki/Weblog)

Rede Complexa

A Blogosfera como uma Rede Complexa

Os blogs surgiram como publicações totalmente diferentes das tradicionais revistas ou jornais. Inicialmente tinham visual grosseiro, e tratavam basicamente de citações e comentários a outros blogs. O termo weblog foi definido pela primeira vez em 1997 por Jorn Barger (http://www.robotwisdom.com/) como sendo uma página da web onde o autor, ou blogueiro, cita todas as páginas interessantes por onde passa.
As primeiras ferramentas para automatizar a utilização dos blogs surgiram em 1999, onde todo o processo de criação (definição do nome, descrição, barra lateral a “sidebar”, temas, cores, etc.) e manutenção (criação e edição de postagens, inclusão de imagens, categorização de mensagens as “tags”, etc.) foi facilitado. A partir daí o conhecimento técnico não era mais uma necessidade para a manutenção dessas páginas, o que gerou uma adesão em massa da referida tecnologia e a criação de uma mídia alternativa que, em sua maioria, é independente e pessoal

Em 2000 foi criado o permalink, definido com uma ligação direta através de um endereço (URL) a cada post realizado. O modelo de interação entre os blogs foi prontamente alterado ao abandonar a simples navegação livre por todo seu conteúdo cronologicamente distribuído e levar a referências pontuais. Em seguida foi criado o sistema de “comentários” pertinentes a cada post, modificando novamente a interação entre blogueiros e leitores, facilitando e centralizando as discussões acerca do assunto tratado em cada postagem.

Em 2002 foi criado o Feed RSS (Really Simple Syndication), descrito como agregador de conteúdo. É como assinar um jornal, mas dinamicamente: a cada atualização, o leitor de RSS recebe uma cópia daquela publicação. A revolução se deu porque não é mais preciso percorrer blog a blog para encontrar novos conteúdos. Simplesmente todo novo post é enviado automaticamente aos leitores assinantes. Revolução maior foi ter uma lista de diversos feeds e poder acessá-los de qualquer lugar em ferramentas online como o Google Reader (http://www.google.com.br/reader/), e não utilizando programas instalados em PCs.
No início de 2004 foi criada a plataforma de publicação de programas de áudio e vídeo denominado Podcasting (união de iPod – aparelho que reproduz arquivos digitais em MP3/MP4 – e broadcasting – transmissão de rádio ou televisão para múltiplos usuários). Estas produções também podem ser recebidas automaticamente mediante um Feed RSS. Os arquivos podem ser ouvidos diretamente do navegador ou baixados no computador. Diversos blogs, como por exemplo a revista Nature (http://www.nature.com/nature/podcast/), utilizam a tecnologia como um complemento a seus blogs, destacando periodicamente os principais tópicos discutidos em seus blogs.

Blogosfera é o termo que representa o universo dos blogs e suas relações, como numa rede social. Foi definido em setembro de 1999 por Brad L. Graham (http://www.bradlands.com/). De acordo com o estudo State of Blogosphere (http://www.sifry.com/stateoftheliveweb/) o número de blogs entre agosto de 2003 e setembro de 2004 passou de 500 mil para mais de 4 milhões, dobrando a cada 5 meses.

Já em março de 2007 o número de blogs ultrapassava 72 milhões. O estudo mostrou também que, em outubro de 2004, 12 mil blogs eram criados por dia, uma média de um a cada 7,2 segundos. Entre janeiro e março de 2007 essa taxa era de mais de 90 mil blogs criados por dia, em média, ou 0,96 blogs por segundo.

Em uma olhada rápida no site BlogPulse (http://www.blogpulse.com/) no dia 11.01.08 às 14h45 coletamos os seguintes dados:
• 69.953.026 blogs monitorados;
• 107.500 novos blogs nas últimas 24 horas;
• 1.042.464 novos posts nas últimas 24 horas.
Em 2006, blogs em língua portuguesa representavam 2% do total. A língua japonesa é a mais comum em blogs com 37%, seguido pela língua inglesa, com 36%, e pelas línguas chinesa, italiana, espanhola, russa, e francesa.

Recentemente, a própria blogosfera se tornou tema de pesquisa científica, por ser uma instância de sistema complexo auto-organizado (KLEINBERG, 1999; ADAR et al., 2004; ADAR & ADAMIC, 2005; ADAMIC & GLANCE, 2005).

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: