40. Hubble : a expansão do universo – Augusto Damineli

HUBBLE

DAMINELI, Augusto. Hubble: a expansão do universo. São Paulo: Odysseus, 2003. 179p., il., 21cm. (Imortais da ciência). Bibliografia: p. [170]-171. ISBN 8588023288 (broch.).

SINOPSE

Parece mentira, mas apenas em 1924, ficou claro que a Via Láctea, a nossa galáxia, não era a única no Universo. Quando Edwin Hubble entrou em cena, os astrônomos se dividiam entre os que acreditavam que a Via Láctea era única e os achavam que o Universo era repleto de galáxias, chamadas à época de ´universos-ilha´. Vê-se que estava em jogo então, a centralidade da nossa galáxia e, portanto, do Homem. Afinal, se a Terra, ou mesmo o Sol, não era o centro do Universo, ao menos a nossa galáxia poderia se o centro de tudo.
Com Muita paciência, como relata de forma empolgante Augusto Damineli, Hubble foi em busca de respostas. Sua persistência rendeu frutos: ele confirmou, de forma incontestável, que, de fato, Via Láctea é apenas um entre inúmeros (bilhões) de outros ´universos-ilha´, cada qual com seus bilhões de estrelas. Mas Hubble não parou aí … ´Marcelo Gleiser´

Inf. publicação Livro – Português
ISBN 8588023288 (broch.)
Edição
22
Ent. princ.
Título Hubble : a expansão do universo / Augusto Damineli ; [ilustrações: Libero Malavoglia]. 
Título especial
expansão do universo
Imprenta São Paulo : Odysseus, 2003.
Desc. física 179p. : il. ; 21cm.
Série (Imortais da ciência))
Coleção/Notas
Bibliográficas
Bibliografia: p. [170]-171
Assuntos

Fonte: Fundação Biblioteca Nacional

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: